quarta-feira, 13 de maio de 2015

Cia. Arteira - Gabriela Ribas



GABRIELA RIBAS



Gabriela Ribas é atriz, bacharel em artes cênicas (Uni-Rio – RJ 1999) e professora de teatro. Desde 1997 integra a diretoria da Associação Centro Cultural Viva – Associação Cultura Sem fins lucrativos, fundada em 1997: Prêmio Carequinha 2013, Prêmio Mazzaroppi 2012, Ponto de Leitura, pontinho de cultura e ponto de cultura, finalista nos prêmios Economia Criativa 2012 e Brasil Criativo 2012 - atuando como diretora executiva, vice –presidente e presidente (atual função).

Atuou em espetáculos dirigidos por Sylvio Costa Filho, Cristina Bittencourt, Marcus Alvisi, Miguel Vellinho, Mariane Canella e Patrick Nogueira.

Integrou o Núcleo de Cultura Popular Céu na Terra - RJ (de 1998 a 2001). E há 12 anos atua na Cantoria de Reis do Céu na Terra (espetáculo itinerante apresentado anualmente). Atua como colaboradora no Bloco Céu na Terra e nas atividades produzidas por esse Núcleo no Carnaval.

 Integrou a CIA. VIVA de teatro e circo, atuando, dirigindo e produzindo espetáculos teatrais, circenses e de contação de histórias (de 1998 a 2016).

Integra a Companhia Arteira, de Nova Friburgo, RJ, atuando como atriz, diretora e produtora (desde 2008) nos espetáculos: ALABUMTICABUM (2011), Cartas (2012), Boi Arroba (2013), As Histórias que o Vento nos Soprou (2013), Cadê a Água que Estava Aqui ?(2015) , Primeira Estrela (2015), Se Alguém De Repente Me Oferecer Flores (2016) e Sonho de Uma Noite de Verão (2016).

Dirigiu os espetáculos da Companhia Arteira:  Boi Arroba, Cadê a Água que Estava Aqui?, Cartas (contemplado com o prêmio Montagem Cênica 2012, com supervisão de Moacir Chaves) e Sonho de Uma Noite de Verão (coodireção com Silvia Araújo e com supervisão de Marise Nogueira).
Atuou no curta- metragem de Renata Spitz Encontro dos Rios.

Frequentou a reciclagem para atores na Escola Nacional de Circo – RJ (2000).

Cursou o Seminário de Formação em Pedagogia Waldorf – (primeiro setênio), no Centro de Formação e Desenvolvimento do Vale de Luz – Nova Friburgo (2004 a 2009).

Especializou-se em arte-educação e lecionou em diversas escolas das redes pública e particular em Petrópolis, Rio de Janeiro, Bom Jardim, Duas Barras e Nova Friburgo para classes de Educação Infantil e Ensino Fundamental.

Fundou e dirigiu durante cinco anos o VIVAMAIS – Centro Cultural para crianças no Rio de Janeiro.
Desenvolveu projetos de educação e cultura em parceria com a Prefeitura Municipal de Duas Barras atuando nas áreas de teatro, artes, cultura popular e literatura com crianças e educadores entre 2002 e 2007.

Atuou como supervisora e professora de teatro e do Ponto de Cultura do Instituto Cultural Martinho da Vila, em Duas Barras de 2005 a 2007.

Integrou a equipe de Álvaro Ottoni coordenando as ações educativas da Secretaria Pró-Leitura de Nova Friburgo e atuando como contadora de histórias.

É professora de Teatro da Oficina Escola de Artes de Nova Friburgo. Professora de teatro, responsável pelo grupo Teia do Colégio Nossa Senhora das Dores de Nova Friburgo, atuando como diretora dos espetáculos:

O Menino Narigudo - Melhor Espetáculo, melhor atriz, melhor cenário, melhor maquiagem ( FIT – Nova Friburgo 2009), melhor atriz, melhor sonoplastia, (Mostra de Teatro Estudantil do Colégio Notre Dame – Ipanema - RJ 2009.) melhor espetáculo, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor ator, melhor direção (FETECAP – Além Paraíba -2010).

O Diamante de Grão Mogol – Terceiro melhor espetáculo, melhor atriz, melhor iluminação (FIT – Nova Friburgo 2011), melhor espetáculo infantil, melhor atriz, melhor figurino,(Festival de Teatro do Colégio Notre Dame Ipanema – Rio de Janeiro 2011), melhor direção, melhor sonoplastia, melhor figurino (FETECAP 2012).

Veríssimo à Vera – Segundo melhor espetáculo, melhor sonoplastia, melhor direção, melhor atriz ( FIT – Nova Friburgo 2013) Melhor espetáculo, melhor sonoplastia, melhor ator (Festud 2014 – Cabo Frio) Destaque no FETO 2014.

Corda Bamba – Segundo melhor espetáculo, melhor cenário, melhor direção (FIT 2015 – Nova Friburgo). Terceiro melhor espetáculo infantil, melhor sonorização e melhor cenário (FIT 2015 – Notre Dame Ipanema). Melhor cenografia, melhor sonoplastia, melhor ator revelação ( IV Festival Nacional de Teatro Violeta de Prata – Três Rios 2016).

O Canto da Praça – segundo melhor espetáculo, melhor direção, melhor figurino (FIT 2017 – Nova Friburgo). Melhor espetáculo infantil, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante, melhor iluminação, melhor cenário, melhor figurino, destaque para a sonoplastia (Festival de teatro Amador de Sapucaia – RJ - 2017), Melhor espetáculo infantil, melhor figurino, melhor iluminação (FIT Colégio Notre Dame RJ – 2017).

Alguns cursos e oficinas que frequentou nos últimos 5 anos:

- O Corpo Articulado e a Musicalidade do Movimento – Mímica Corporal com Luís Torreão Cie Hippocampe ( Paris), Rio de Janeiro – Agosto 2013
- A Poética do Corpo Dramático – Cie Platform 88 (Paris), Rio de Janeiro – setembro 2014
- Treinamento-Improvisação – Os Caminhos do Ator no AMOK Teatro – julho 2015   
- Treinamento em View points Laboratório avançado com Donnie Matheus – (SITI Company,  EUA ) Rio de Janeiro, agosto de 2012
- Treinamento em View Points com Donnie Mather(SITI Company EUA) , Rio de Janeiro,  janeiro de 2015.
- O Estado de Ser do Ator com Carlos Simioni – LUME Teatro – Campinas, fevereiro de 2016.
- Narrativa Física Solo – Julio Adrião – Rio de Janeiro – dezembro de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário