quarta-feira, 13 de maio de 2015

Cia. Arteira - Mariane Ieker Canella


MARIANE IEKER CANELLA


Nasceu em Nova Friburgo no dia 14 de maio de 1962. De 1984 a 1987 foi professora de Música e Artes na Escola Fábrica de Rendas.
De 1982 a 1990 foi co-fundadora e integrante do Grupo de Artes Theatro Dona Eugênia. Durante esta vivência nasceu sua palhaça (Titiquinha), que a acompanha até hoje.

Como atriz atuou nas peças: 
Os Dous ou o Inglês Maquinista - de Martins Pena;
Via Sacra – no SESC de Nova Friburgo;
Loja da Vovó Eugênia – Criação Coletiva;
Que Mãe Que Eu Arranjei - Wilson Wagner;
Queremos Sair Daqui – Wilson Wagner;
Sapo Vira Rei Vira Macaco - Criação Coletiva;
O Abraço do Palhaço – Criação Coletiva.

Em 1991 fundou a Escola Comunitária Municipal do Vale de Luz, na periferia de Nova Friburgo, privilegiando o atendimento a crianças de famílias de baixa renda através de um ensino baseado nas artes.Em 1992, fundou a Associação Crianças do Vale de Luz, uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que busca recursos para manter os seus três centros de atuação que hoje são: Escola Comunitária Municipal do Vale de Luz; Creche Escola Comunitária Municipal Cecília Meireles e Centro de Formação e Desenvolvimento de Profissionais de Educação. (WWW.valedeluz.org.br)

De 1991 a 2007 atuou na mobilização de recursos para esta Instituição.
Desde 1993 até hoje participa do movimento das Danças Universais pela Paz.
Em 1997 participou da criação de Raízes (Grupo de resgate de brincadeiras e canções de roda).
De 1997 a 2010 realizou cursos e oficinas de rodas divulgando RAÍZES no Município de Nova Friburgo e em outros municípios do Estado do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais, junto a professores, jovens e educadores populares.
De 2001 a 2004 cursou e concluiu a formação em Pedagogia Waldorf (Curso Brasil).
Em 2004, foi facilitadora da Oficina sobre “Envolvimento de Famílias” da 6ª edição Vitae de apoio a projetos de Educação Complementar, em Campinas. 
Em 2005 e 2007 participou do Festival de Comicidade Feminina e Mulheres Palhaças das Maria da Graça. Participou dentro do festival da oficina de palhaças com Merch Ochoa e Hillary Chaplin.
Em 2008 dirigiu as peças: "O Santo e a Porca" de Ariano Suassuna;
em 2011 "Parsifal", em 2014 Fausto de Goethno curso de Pedagogia Waldorf em Nova Friburgo.
De 2008 a 2011 foi contadora de histórias na livraria Arabesco na cidade de Nova Friburgo.
Em 2010 foi contemplada com o Prêmio Interações Estéticas em Pontos de Cultura da FUNARTE, com o PROJETO “CIRANDEIROS DA INFÂNCIA”.
É co-fundadora e integrante da Companhia ARTEIRA atuando nos espetáculos: O Menino que Carregava Água na Peneira (2010), ALABUMTICABUM (2011 e 2012) e Cartas (espetáculo em cartaz, contemplado com o prêmio montagem cênica 2011).
Em 2012 concluiu a formação de Biografia Humana na Escola livre de Estudos Biográficos em Juiz de Fora.
Dinamiza atividades no grupo da Aliança pela Infância na cidade de Nova Friburgo.
Em 2012 dirigiu a Oficina Escola de Artes de Nova Friburgo da Secretaria de Cultura, também Pontão de Cultura da Serra do Rio.
Em 2013 participou do espetáculo Boi Arroba, da Companhia Arteira.
Em 2014 dirigiu e atuou no espetáculo ALABUMTICABUM, da Companhia Arteira.
Em 2015 atuou no espetáculo CADÊ A ÁGUA QUE ESTAVA AQUI? da Companhia Arteira.
Em 2015 atuou e dirigiu o Auto de Natal: PRIMEIRA ESTRELA da Companhia Arteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário